11:08 pm - sábado novembro 18, 2017

Itaquerão: obras suspensas até segunda-feira

Edição e postagem: Denison Duarte, em 27-11-2013 21:19 | Última modificação: 27-11-2013 21:22
Itaquerão: obras suspensas até segunda-feira

Hospital de Olhos

Após a morte de dois operários nesta quarta-feira (27), as obras do Itaquerão – palco da abertura da Copa 2014 – estão suspensas até a próxima segunda-feira.

A paralisação foi anunciada pela Odebrecht, a responsável pelas obras, que decidiu dar uma pausa no andamento da construção “como sinal de respeito às famílias das vítimas.”

As obras voltam ao normal apenas nos setores norte, sul e oeste a partir do dia 2 de dezembro, porque não foram afetados. Já o setor leste – onde aconteceu o acidente – foi interditado pela Defesa Civil. De acordo com o coordenador do órgão, Jair Paca de Lima, a interdição afeta 30% do referido setor, o correspondente a uma área de 5 mil metros quadrados.

Folha apurou que o setor leste voltará a ter obras somente após uma autorização da subprefeitura da região.

“Deve ter ocorrido um erro de procedimento, uma torção do guindaste devido ao peso da peça. Algo também pode ter batido”, disse o coordenador da Defesa Civil.

O acidente aconteceu no início da tarde durante uma falha na instalação da última peça na cobertura do Itaquerão – o futuro estádio do Corinthians. No momento em que era içada, o guindaste não suportou o peso da estrutura, que desabou. Partes da estrutura atingiram os operários Fábio Luiz Pereira, 42, motorista/operador de Munck da empresa BHM, e Ronaldo Oliveira dos Santos, 44, montador da empresa Conecta. Eles morreram na hora.

Em nota, a construtora informou que era a 38ª vez que fazia o procedimento no canteiro de obras do estádio. Devido às chuvas dos últimos dias, a operação de montagem da peça foi adiada por uma semana. O engenheiro da obra, Frederico Barbosa, também disse que o guindaste foi montado em cima de uma base de “brita e chapas de aço”, um procedimento para proteger o guindaste de um possível “solo encharcado”.

ATRASO

O ex-presidente do Corinthians e responsável pelas obras do Itaquerão, Andres Sanchez, evitou comentar sobre um possível atraso no cronograma das obras. “Infelizmente acidentes acontecem. Estamos passando por um momento difícil. Não estamos pensando nisso [no cronograma]. A preocupação agora é atender as famílias”, disse Andres Sanchez, que estava no local no momento do acidente, em entrevista coletiva.