9:06 am - quarta-feira novembro 22, 2017

Vasco quita salário de novembro e trabalha em pendências por 13º e férias

Edição e postagem: Denison Duarte, em 12-01-2014 08:49 | Última modificação: 12-01-2014 08:49
Hospital de Olhos

O presidente Roberto Dinamite, o vice de futebol Ercolino de Luca (e) e o diretor Rodrigo Caetano (d) concedem entrevista coletiva na reapresentação do Vasco

O Vasco trabalha para resolver os problemas financeiros e iniciar a disputa do Campeonato Carioca sem pendências com os atletas. A diretoria conseguiu concluir o pagamento do salário de novembro na última sexta-feira e busca recursos para equacionar os montantes referentes ao 13º, dezembro e férias proporcionais.

O Cruzmaltino recebeu R$ 4 milhões da Caixa Econômica Federal e quitou novembro com jogadores e funcionários. Mas a administração Roberto Dinamite precisa de nova entrada financeira para pagar o que ainda é devido.

Na próxima segunda-feira, alguns jogadores vão receber direitos de imagem atrasados e funcionários devem ter depositado em suas contas outras pendências.

No momento, o clube já deve dezembro – o acordo com os atletas coloca o vencimento no dia 20 de janeiro -, 13º salário e férias proporcionais. A expectativa é a de reduzir o débito antes da estreia no Campeonato Carioca contra o Boavista, dia 18, às 19h30 (de Brasília), em São Januário.

“Pagamos o mês de novembro e desejamos concluir alguns débitos de direitos de imagem e outras situações na próxima segunda-feira. Trabalhamos para resolver os problemas e quitar 13º salário e férias proporcionais”, explicou o diretor geral Cristiano Koehler.

Outro objetivo do clube é reduzir o quadro de funcionários para economizar na folha, mesmo procedimento que vem sendo adotado no departamento de futebol. A expectativa é a de que pelo menos 100 trabalhadores sejam demitidos. No entanto, a administração ainda não realizou o procedimento por conta da necessidade de contar com receitas e pagar as rescisões.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE