Para Cássio, será uma decepção se o Corinthians não chegar à Libertadores-14
4:04 am - quinta-feira setembro 21, 2017

Para Cássio, será uma decepção se o Corinthians não chegar à Libertadores-14

Edição e postagem: Denison Duarte, em 23-09-2013 23:24 | Última modificação: 23-09-2013 23:24
Educandário Menino Jesus

O Corinthians não vence há seis rodadas no Campeonato Brasileiro e tem um jogo difícil nesta quarta contra o Grêmio, no Pacaembu, pelas quartas de final da Copa do Brasil.
Leia mais sobre o Corinthians

Segundo o goleiro Cássio, o sistema defensivo é a principal arma no torneio. "Temos confiança no grupo, que é forte e unido. Copa do Brasil é fazer um bom resultado e, de preferência, não tomar gol. Se não chegar à Libertadores seria uma decepção, até pelo que se espera do nosso time."

Por outro lado, o sistema ofensivo do Corinthians tem perdido muitas oportunidades de gols. Cássio acredita que falta tranquilidade.

"Precisa se manter organizado. Ano passado a gente segurou pressão diversas vezes e segurou o resultado. Somos muito fortes na bola defensiva, no escanteio."

O goleiro corintiano fez defesas importantes no empate da equipe diante do Cruzeiro por 0 a 0 no domingo.

"Sempre bom fazer uma grande partida. Fiz boas defesas que ajudaram o time a sair com um ponto. Espero continuar na mesma linha, tentar fazer o meu melhor sempre e buscar as vitórias, porque uma vitória vai dar muita confiança."

Cássio ainda mostrou apoio ao técnico Tite nesta má fase do time. "É um cara que me ajudou muito e a gente vai junto com ele até a morte, até o final."

Para o goleiro, falta um pouco de sorte ao Corinthians. "A maioria dos times mantém o esquema tático. Acho que cabe a nós jogadores sairmos desse esquema. Não o vejo como ultrapassado ou que os outros já sabem o que a gente vai fazer. A questão é que da bola não querer entrar. Nas horas decisivas o time vai crescer."

A primeira decisão contra o Grêmio ocorre na noite desta quarta, às 21h50, no Pacaembu. O jogo de volta na Arena Grêmio será apenas dia 23 de outubro.
O Corinthians não vence há seis rodadas no Campeonato Brasileiro e tem um jogo difícil nesta quarta contra o Grêmio, no Pacaembu, pelas quartas de final da Copa do Brasil.
Leia mais sobre o Corinthians

Segundo o goleiro Cássio, o sistema defensivo é a principal arma no torneio. "Temos confiança no grupo, que é forte e unido. Copa do Brasil é fazer um bom resultado e, de preferência, não tomar gol. Se não chegar à Libertadores seria uma decepção, até pelo que se espera do nosso time."

Por outro lado, o sistema ofensivo do Corinthians tem perdido muitas oportunidades de gols. Cássio acredita que falta tranquilidade.

"Precisa se manter organizado. Ano passado a gente segurou pressão diversas vezes e segurou o resultado. Somos muito fortes na bola defensiva, no escanteio."

O goleiro corintiano fez defesas importantes no empate da equipe diante do Cruzeiro por 0 a 0 no domingo.

"Sempre bom fazer uma grande partida. Fiz boas defesas que ajudaram o time a sair com um ponto. Espero continuar na mesma linha, tentar fazer o meu melhor sempre e buscar as vitórias, porque uma vitória vai dar muita confiança."

Cássio ainda mostrou apoio ao técnico Tite nesta má fase do time. "É um cara que me ajudou muito e a gente vai junto com ele até a morte, até o final."

Para o goleiro, falta um pouco de sorte ao Corinthians. "A maioria dos times mantém o esquema tático. Acho que cabe a nós jogadores sairmos desse esquema. Não o vejo como ultrapassado ou que os outros já sabem o que a gente vai fazer. A questão é que da bola não querer entrar. Nas horas decisivas o time vai crescer."

A primeira decisão contra o Grêmio ocorre na noite desta quarta, às 21h50, no Pacaembu. O jogo de volta na Arena Grêmio será apenas dia 23 de outubro.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE