2:12 pm - domingo novembro 19, 2017

Briga: Polícia prende 12 torcedores em SC

Edição e postagem: Denison Duarte, em 19-12-2013 10:47 | Última modificação: 19-12-2013 10:53
Briga: Polícia prende 12 torcedores em SC

Polícia faz operação e prende 12 torcedores envolvidos em briga em SC

Hospital de Olhos

Uma operação conjunta das polícias do Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná deu início – na madrugada desta quinta-feira -, à busca para prender outros torcedores do Atlético-PR e do Vasco envolvidos na briga em Joinville na última rodada do Brasileirão. As autoridades já detiveram 12 torcedores desde que a operação “Cartão Vermelho” foi deflagrada. Os brigões foram identificados através de imagens da TV feitas durante o confronto.

A polícia começou a busca pelos torcedores a partir das 5h desta quinta-feira, nas cidades catarinenses de Joinville e Blumenau, além de Curitiba e do Rio de Janeiro. Em contato com o UOL Esporte, as autoridades de Joinville disseram trabalhar em sigilo e não divulgaram quantas pessoas são procuradas.

Em entrevista à TV Globo, a Polícia do Paraná informou que serão cumpridos mais de 20 mandados de prisão nos três estados e, pelo menos, um de busca e apreensão na sede da principal torcida do Atlético-PR em Curitiba.

A operação “Cartão Vermelho” está em andamento e já prendeu nove torcedores no Paraná. Um homem foi detido no Rio de Janeiro e outros dois em Santa Catarina. Na sede da torcida Os Fanáticos, um computador foi apreendido.

A briga entre Atlético-PR e Vasco manchou a última rodada do Brasileirão. Leone Mendes da Silva, 23 anos, Jonathan Santos, 29 anos, e Arthur Barcelos de Lima Ferreira, 26, foram presos logo após o episódio, ainda em Joinville. Os torcedores vascaínos estavam escondidos dentro de um dos ônibus oriundos do Rio de Janeiro e foram detidos pela Polícia Militar.

Nesta quarta-feira, a Justiça negou o pedido de liberdade provisória ao trio, que responde por tentativa de homicídio e está detido na Penitenciária Agrícola da cidade catarinense após transferência do Presídio Regional.

Os vascaínos foram flagrados espancando os rivais. Durante o confronto, quatro torcedores estiveram hospitalizados, mas já foram liberados e passam bem. Os brigões respondem por tentativa de homicídio, crime contra o patrimônio público e por ferir o artigo 41B do Estatuto do Torcedor (incitar violência no estádio).

Punição no STJD a clubes por briga generalizada

Na última sexta-feira, o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) definiu punição aos clubes envolvidos na briga generalizada na Arena Joinville. Atlético-PR e Vasco foram multados e perderam, respectivamente, 12 e 8 mandos de campo na temporada de 2014. Nos dois casos, as equipes farão a metade das partidas com portões fechados.

O Atlético-PR foi multado em R$ 120 mil, enquanto o Vasco será punido com R$ 80 mil pelos atos de seus torcedores em Joinville. Os dois clubes já confirmaram que irão recorrer da decisão e um novo julgamento já está marcado para o dia 27 de dezembro.