7:54 pm - sábado julho 22, 2017

Ippon no último segundo garante o bronze a Sarah Menezes

Edição e postagem: Denison Duarte, em 27-08-2013 09:17 | Última modificação: 27-08-2013 09:17
Educandário Menino Jesus

Rio de Janeiro, 26 ago (EFE).- Foram 4min59s de sofrimento e de certa vantagem da adversária, mas a brasileira Sarah Menezes obteve um ippon no último segundo da luta contra a norte-coreana Sol Mi Kim e conquistou a medalha de bronze na categoria ligeiro (até 48kg) do Campeonato Mundial de Judô do Rio de Janeiro.

Derrotada por Munkhbat Urantsetseg, da Mongólia, nas semifinais, a atual campeã olímpica demonstrou certo abatimento no começo do combate contra a atleta da Coreia do Norte. Atacando pouco, a brasileira foi punida por falta de combatividade duas vezes em menos de dois minutos.

Kim, que na repescagem havia vencido a cubana Dayaris Mestre Álvarez, se manteve melhor durante os três primeiros minutos, mas foi perdendo força aos poucos e levou um shidô a 1min45s do fim.

Cansada, a asiática realizou um falso ataque a 30s de o cronômetro zerar e igualou as punições. Quando tudo indicava que a medalha seria decidida no golden score, no último segundo, Sarah acertou um belo ataque, colocou adversária de costas no chão e venceu por ippon.

Algoz da judoca da casa nas semifinais, Urantsetseg, sexta colocada do ranking mundial, venceu a japonesa Haruna Asami por ippon em apenas 2min16s na decisão e ficou com o título. O outro bronze ficou com a belga Charline van Snick, que em menos de dois minutos de combate derrotou a cubana María Célia Laborde, também pela pontuação máxima.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE