11:31 am - segunda-feira novembro 20, 2017

Ação social: Grêmio cede imagem e adere a campanha contra uso de drogas

Edição e postagem: Denison Duarte, em 30-01-2014 20:05 | Última modificação: 30-01-2014 20:05
Ação social: Grêmio cede imagem e adere a campanha contra uso de drogas

Hospital de Olhos

O Grêmio foi o primeiro clube no país a aderir a campanha ‘Craque que é Craque não usa Crack’. Nesta quinta-feira, um evento no Conselho Deliberativo do Olímpico selou a união com a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) para através da imagem de jogadores do clube evitar que novos usuários de drogas surjam.

Segundo números apresentados pela ABP, 1,2 milhão de pessoas são usuários de crack. No Rio Grande do Sul em 2012 eram cerca de 37 mil usuários regulares.

A ideia da ação é usar jogadores e a imagem do clube para incentivar jovens a ficarem longe do vício. O trabalho será voluntário e os primeiros a vestirem a camisa da ação foram Barcos, representando o time principal, e Luan, representando a base.

Os jogadores do time Sub-20 todos estiveram presentes no evento. Além dos diretores das categorias inferiores e da comissão técnica.

“São 2 milhões de usuários espalhados pelo país. E 30% destes, segundo estudos, morrerão em 5 anos. Não tem uma guerra que mate tanto. Imagina quantas vidas poderão ser salvas com este tipo de atitude que o Grêmio está tendo”, disse Antônio Geraldo da Silva, presidente da ABP.

“É uma ação que nos dá muito orgulho. Ser o primeiro clube engajado nesta campanha nos alegra muito. Cabe a que tem algo para dar, oferecer a quem precisa. E o Grêmio quer fazer parte disso”, completou o presidente Fábio Koff.

Além de ações com participação do clube e seus profissionais, como visitas a escolas públicas para dar palestras contra o uso de drogas, serão ministrados cursos sobre dependência química junto a conselheiros comunitários, coordenadores das escolinhas do clube e também no Instituto Geração Tricolor.