3:03 pm - segunda-feira novembro 20, 2017

Assassinato de John Lennon completa 36 anos nesta quinta-feira com lamento de fãs no Twitter

Edição e postagem: Denison Duarte, em 08-12-2016 13:16 | Última modificação: 08-12-2016 13:18
Hospital de Olhos

Morte de John Lennon – Nesta quinta-feira completa 36 anos do assassinato de John Lennon, um dos fundadores dos Beatles.

O artista foi morto a tiros pelo fã Mark David Chapman, em Nova York, no dia 8 de dezembro de 1980.

O músico tinha acabado de lançar o seu último álbum.

A esposa Yoko Ono pediu que John Lennon não tivesse um funeral, o que não impediu que uma grande multidão se manifestasse para prestar as últimas homenagens.

Ao todo, mais de 30 mil pessoas se reuniram em Liverpool para um concerto memorável, enquanto 225 mil foram ao Central Park de Nova York em homenagem ao astro.

Décadas depois, os fãs de rock ainda sentem a falta do cantor, ainda levando o nome do artista ao topo das discussões no Twitter nesta quinta-feira.

Eles compartilham informações e citações relevantes sobre paz e amor, fazendo alusão ao artista.

Segundo o site ibtimes O assassino de John Lennon ainda está preso. Ele confessou que matou o cantor “porque ele era muito famoso”.

Chapman teria vendido uma pintura, afim de custear as despesas da sua viagem a Nova York para matar Lennon.

O atirador se encontrou com Lennon pouco tempo antes do disparo do tiro, fora da residência onde morava o músico com a esposa Ono.

36 anos depois, morte de John Lennon ainda é sentida em todo o mundo