9:23 pm - sábado outubro 21, 2017

Seleção de São Francisco do Maranhão joga em casa e empata com o Cori-Sabbá no Vicente Zumba

Edição e postagem: Denison Duarte, em 05-10-2017 12:47 | Última modificação: 05-10-2017 15:58
Seleção de São Francisco do Maranhão joga em casa e empata com o Cori-Sabbá no Vicente Zumba

Fotos: Denison Duarte

Hospital de Olhos

SÃO FRANCISCO DO MARANHÃO X CORI-SABBÁ – A Seleção de São Francisco do Maranhão empatou em 1×1 em um jogo amistoso com o Cori-sabbá no Estádio Municipal Vicente Zumba na tarde desta quarta-feira (4), na ocasião do encerramento dos Festejos de São Francisco de Assis. O amistoso, iniciado às 16h, foi organizado pela Prefeitura municipal por meio da Secretaria Municipal de Esportes.

O prefeito Adelbarto Santos estava escalado para jogar, mas preferiu apreciar a partida do banco de reservas ao lado do vice-prefeito, Júnior Furreca. “A ideia inicial de criar esse ambiente amistoso muito produtivo é dar uma avaliada na seleção durante o encerramento dos festejos com time de nome como Cori-Sabbá”, disse ele.

Com falta de entrosamento em campo e problemas nas finalizações, o primeiro tempo encerrou em 0x0. O treinador técnico do Cori, Lucimar Feitosa, apontou as melhorias necessárias na equipe e no campo. “Está faltando os jogadores melhorarem o passo. Nós não estamos conseguindo acertar. Quanto às finalizações, quando a bola está em um bom gramado o lance com certeza é feito com qualidade, mas nesse campo a tendência do chute forte é fazer a bola subir”

Antes do início da partida, uma equipe de profissionais em Saúde e estagiárias do curso Técnico em Enfermagem, fez a aferição da pressão dos jogadores. O convite foi feito pelo secretário de Esportes, Zé Borges. Além dos profissionais, aproximadamente 10 estagiárias prestaram auxílio aos jogadores.

O treinador-técnico da seleção franciscoense, Péricles Plácido, explica qual pode ter sido a causa do baixo desempenho  dos jogadores que, na sua avaliação, poderia ter sido melhor. “O nervosismo de estar jogando com uma equipe profissional interferiu para a nossa seleção. Nós conseguimos colocar a bola no chão e equilibrar o nervosismo. A gente conseguiu se impor dentro de campo e alcançar esse empate de 1×1“, disse ele.

São Francisco do Maranhão x Cori-Sabbá reúne grande público no Vicente Zumba