3:05 pm - segunda-feira novembro 20, 2017

Recebemos tudo com defeito, diz coordenadora do Samu de Amarante sobre precariedades do serviço

Edição e postagem: Denison Duarte, em 13-01-2017 16:41 | Última modificação: 14-01-2017 16:56
Hospital de Olhos

Samu de Amarante – Os profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Amarante, estão tendo dificuldades na condução dos trabalhos em razão da precariedade de equipamentos, ambulância e estrutura física do prédio, entregues pela gestão anterior.

A informação foi repassada pela coordenadora, Kelly Beatriz. Segundo ela, as técnicas em Enfermagem somente tomam banho à noite porque os banheiros estão com defeito.

“As profissionais deixam escurecer para tomarem banho no quintal. É uma situação muito difícil porque recebemos tudo com defeito da administração anterior. Dos três vasos sanitários que existem, dois estão isolados”, disse a coordenadora.

Ela disse ainda que a ambulância, “além de precisar de peças como pivôs, pastilhas dianteira e traseira, terminais de direção, amortecedores dianteiro e traseiro e também junta homocinética, está com a parte elétrica defeituosa e com o ar-condicionado sem funcionar”.

“Além disso, temos outro grande defeito: a ambulância já tem 12 mil Km rodados acima da quilometragem permitida para a revisão”, completa.

A coordenação assegura ainda que “a situação de dificuldade do prédio ainda inclui teto com problemas, defeitos em pias, inundação em dia de chuva e cerâmicas quebradas”. Segundo a coordenadora, “estão quebrados também o aspirador, o ventilador e o rádio do Samu”.

“Apesar das dificuldades, nós estamos conseguindo manter a ambulância atendendo a população. Temos ótimos profissionais, todos com a carteira de atendimento pré-hospitalar e a de transporte de passageiros, e alguns com capacitação para transporte de passageiros em emergência.”

A ambulância do Samu de Amarante vai a Teresina na próxima semana para manutenção, “mas já conseguimos outra para substituí-la”, encerra a coordenadora.