1:56 pm - sábado novembro 18, 2017

Inoperante por quatro dias, Samu de Amarante deixa população sem socorro durante ocorrências

Edição e postagem: Denison Duarte, em 29-03-2016 09:43 | Última modificação: 29-03-2016 22:47
Hospital de Olhos

Samu de Amarante – A ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), de Amarante, deixou o município sem atendimento durante quatro dias.

As consequências resultaram em reações de moradores. Um motociclista, conhecido como Antonio de Rapideza, morreu na sexta-feira (25) em uma estrada vicinal, próxima à comunidade Vereda, zona rural de Amarante, após perder o controle do volante.

Segundo moradores da região, a vítima não resistiu aos ferimentos enquanto aguardava a chegada do Samu. “Se a ambulância tivesse chegado em tempo hábil, talvez o rapaz não tivesse morrido!”, disse um morador da comunidade Vereda.

Antonio de Rapideza não estava sozinho. Com ele, outro rapaz conhecido como Almir, foi encaminhado para Teresina com ferimentos graves, sangrando pelos ouvidos.

Os dois são moradores da comunidade Remanso, a aproximadamente 60 quilômetros da zona urbana de Amarante. De acordo com informações da moradora Raimunda Soares, ambos estavam a caminho da Vereda.

Outro episódio que preocupou a população foi o de um morador da comunidade Prata, que foi baleado acidentalmente e teve que ser encaminhado para Teresina em outro veículo por falta da ambulância do Samu.

Em contato com o 192, o Somos Notícia teve a confirmação da central de atendimentos de que o serviço realmente estava inoperante no município. As causas, não souberam informar.

Já o secretário municipal de Saúde, Ítalo Queiroz, confirmou ao Somos Notícia a inoperância dos serviços em razão de um defeito mecânico na ambulância.

Samu de Amarante – O defeito

“O nosso veículo teve um problema na caixa de marcha, e não tivemos como corrigir durante a Semana Santa. Tentamos de todas as formas resolver o problema, mas não foi possível porque a caixa tinha que ser desmontada”, disse ele ao afirmar que outro veículo não podia realizar os serviços que são específicos do Samu.

O secretário informou ainda ao site que os serviços foram restabelecidos na noite desta segunda-feira (28).

Como medida alternativa, quem precisou dos serviços do Samu de Amarante durante o período de inoperância, teve que optar por outros tipos de transportes para os socorros emergenciais.

Edição, postagem e foto: Somos Notícia / Denison Duarte