12:05 am - quarta-feira novembro 22, 2017

Caixa Econômica e Comafa colhem assinaturas em 38 contratos para novas casas em Amarante

Edição e postagem: Denison Duarte, em 22-07-2016 17:48 | Última modificação: 23-07-2016 07:52
Hospital de Olhos

PNHR em Amarante – A Caixa Econômica Federal (CEF) esteve em Amarante nesta sexta-feira (22) para assinatura de 38 contratos do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) no município.

A execução do programa em Amarante acontece por meio de uma parceria da Caixa com a Cooperativa Mista dos Agricultores Familiares (Comafa), que tem a frente o presidente, Leomar Duarte.

O programa visa contemplar moradores com baixa renda, que residem na zona rural do município, e que não tenham moradias com condições dignas.

A avaliação do perfil dos beneficiários no município foi feita pela Comafa, configurando-se a Caixa como repassadora dos recursos do PNHR.

“Tudo é feito em parceria entre a Caixa e a cooperativa, verificando-se as condições das pessoas interessadas, se não há restrições com as entidades federais, como também, se já não foram beneficiadas no passado”, afirmou ao Somos Notícia o representante da caixa e do governo federal, Gentil Dummont Soares Neto.

Ele disse ainda ao site que “todos os proponentes que assinaram os contratos nesta sexta-feira foram devidamente avaliados pela cooperativa e atenderam aos pré-requisitos do PNHR”.

Ao todo são 38 casas ao custo unitário de R$ 33 mil, sendo que o beneficiário vai pagar uma contrapartida de R$ 1.254,00 dividida em quatro vezes de R$ 313,50, pagas em quatro anos.

“Não é totalmente de graça, e quando o proponente vier começar a pagar já deve estar morando na casa. Eu digo que o brilho que vemos nos olhos de cada pessoa beneficiada não há dinheiro que pague”, completa Gentil Dummont.

De acordo com o representante da Caixa, o próximo passo será gerenciado pela engenharia, que deve iniciar até o próximo mês a construção das casas na zona rural de Amarante.

A assinatura do contrato reuniu na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), a Caixa Econômica, assessoria jurídica – representada pelo advogado Marco André, Comafa e também pelos proponentes.

A conquista, segundo o presidente da Comafa – Leomar Duarte, fez dos proponentes vencedores por excelência. “Os beneficiários estão de parabéns em razão da dificuldade de se conseguir uma casa nos dias de hoje. Os imóveis têm excelentes valor e padronização, e até parecem imóveis de pessoas com boa renda mensal. Quero também parabenizar Amarante porque muitos outros municípios e estados tentaram implantar esse mesmo projeto e não conseguiram, enquanto nós tivemos esse privilégio. Outro fator importante é que o dono do imóvel, além de fiscal da construção, vai participar da obra do início ao fim, sob forma de mutirão”, disse Leomar Duarte em entrevista ao Somos Notícia.

A cooperativa e o STR estão também em parceria. A conquista foi mencionada pela presidente do Sindicato, Luíza Neta, como um grande passo dos proponentes.

“Além de parabenizar a todos por esta conquista, quero agradecer à Caixa por tornar esse sonho possível. Somos parceiros e estamos para colaborar, na certeza de que este é um passo inicial muito importante”, afirmou Luíza Neta.

Esta, segundo a Caixa Econômica, é a primeira etapa de construção de casas no município.

Edição, postagem e fotos: Denison Duarte

PNHR em Amarante | Assinaturas
pnhr em amarante foto10

pnhr em amarante foto9

pnhr em amarante foto8

pnhr em amarante foto7

pnhr em amarante foto6

pnhr em amarante foto5

PNHR em Amarante

pnhr em amarante foto3Parceiros do PNHR em Amarante

pnhr em amarante foto2

pnhr em amarante foto1

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE