6:59 pm - segunda-feira novembro 20, 2017

Morre em Teresina o amarantino professor Léo

Edição e postagem: Denison Duarte, em 28-10-2014 09:10 | Última modificação: 28-10-2014 09:17
Morre em Teresina o amarantino professor Léo

Hospital de Olhos

Neste final de semana, veio a óbito o teólogo rondoniense de Guajaramirim, Léo Dantas de Freitas (o professor Léo). As causas reais da sua morte não foram relevadas. Informações obtidas apontam apenas para causas naturais.

Professor Léo era evangélico, da Igreja Assembleia de Deus, mas se dizia um admirador de vários movimentos do catolicismo da Paróquia de São Gonçalo de Amarante.

Em sua Igreja, onde atuou por cinco anos, Léo era considerado pelos fiéis um pastor. Durante anos, ele foi professor de Ensino Médio em Amarante e em São Francisco do Maranhão.

Pastor Léo recebeu o título de cidadão amarantino em 2012. Ele morreu no último sábado, 25, foi sepultado em Teresina e deixou sete filhos em dois matrimônios, além dos primos Dr. Miranda e Dra. Cleide, ambos residentes em Amarante.

Edição e postagem: Denison Duarte
Com informações do escritor Luís Alberto