3:08 pm - segunda-feira novembro 20, 2017

Ministério da Cultura arquiva projeto que visa lançar livro sobre fatos históricos de Amarante

Edição e postagem: Denison Duarte, em 09-09-2015 12:50 | Última modificação: 10-09-2015 16:34
Hospital de Olhos

A segunda edição do livro ‘Amarante, personalidades e fatos marcantes’, do escritor Luís Alberto (Bebeto Soares), teve o seu projeto aprovado pelo Ministério da Cultura (MinC) em novembro de 2014, mas a liberação do recurso ainda é motivo de preocupação para o autor da obra.

De acordo com o escritor, o projeto (inscrito sob o número 1410542) terá um custo de execução da ordem de R$ 30 mil para a impressão de mil exemplares. O Ministério da Cultura, em seu site, confirma a aprovação do projeto.

Segundo o Ministério, o projeto foi submetido a análise técnica da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), órgão do MinC que gerencia a destinação de recursos às obras inscritas na Lei Rouanet.

De acordo com o escritor, depois de várias tentativas de êxito e longa espera, o MinC passou a afirmar no sistema de consultas que o ‘projeto está arquivado temporariamente’. “Há tempos que a gente vem estabelecendo todos os contatos e realizando os procedimentos necessários. Eles explicam o porquê do arquivamento temporário, mas não convencem”, disse o escritor ao assegurar que está com o livro pronto para a impressão há quase 1 ano.

Para o assessor de Bebeto Soares, Ironilson Lima, nem tudo está perdido. “ Eu acredito muito que a gente possa conseguir, uma vez que o projeto foi aprovado por duas comissões do Ministério. Temos uma outra alternativa, que é fazer o reenvio do projeto.”, disse ele.

O que não ficou esclarecido, segundo o assessor e o escritor, foi a causa do arquivamento do projeto. “Respondemos a todos os e-mails e a todas as diligências em tempo hábil. Eles sequer avisaram ao autor da obra que o projeto tinha sido arquivado”, reforça Ironilson Lima ao assegurar que a justificativa apresentada pelo Ministério foi contestada por ele e pelo autor. “O que eles disseram foi que a última diligência não foi respondida a contento. Repassamos tudo o que eles pediram, conforme solicitado”.

A obra ‘Amarante, personalidades e fatos marcantes’ é resultado de um trabalho de pesquisa que pretende resguardar para as novas gerações uma fonte de memória. O livro, segundo o autor, visa também contribuir para a formação da sociedade e da cultura de Amarante com o resgate de fatos históricos.

capabebeto

bebeto

Edição e postagem: Denison Duarte