10:08 am - terça-feira novembro 21, 2017

Prefeitura de Amarante renegocia dívida de R$ 4 milhões com Eletrobras e sai da inadimplência

Edição e postagem: Denison Duarte, em 29-08-2015 14:06 | Última modificação: 25-05-2016 09:58
Hospital de Olhos

Com uma dívida que ultrapassa R$ 4 milhões junto a Eletrobras, a Prefeitura de Amarante busca evitar a suspensão do fornecimento de energia por meio de uma renegociação do débito junto a empresa. A informação é do gestor gerente de grandes consumidores do poder público, Adaildo Andrade, representante da empresa, atualmente responsável por acompanhar a evolução das prefeituras quanto às formas de utilização da energia elétrica.

De acordo com a Eletrobras, o montante da dívida inclui o valor de mais de R$ 1 milhão relativos à iluminação pública do município, a informação foi repassada neste sábado, 29, durante sessão ordinária na Câmara de Vereadores.

Para um entendimento, segundo ele, foram realizados mais de seis encontros entre Eletrobras e prefeitura. “Ao longo de uma exaustiva negociação a gente conseguiu entrar num entendimento, e o prefeito foi bem flexível nesse sentido. Com o nível dessa negociação a prefeitura, teoricamente, passa a se tornar adimplente”, afirmou Adaildo, considerando que 224 municípios no Piauí estão saindo da inadimplência, de modo semelhante a Amarante.

Conforme entendimento entre as partes, segundo o representante, o início do pagamento das parcelas está previsto para o mês de setembro de 2015.

Durante a sessão, a empresa apresentou números ao legislativo municipal e ao público presente relacionados ao detalhamento de valores e formas de consumo de iluminação pública de Amarante.

Eletrobras

Edição e postagem: Denison Duarte
Fotos: Leomar Duarte