11:03 pm - sábado novembro 18, 2017

‘Tiraram nossos direitos’, disse o presidente eleito da Associação dos Agentes de Saúde de Amarante

Edição e postagem: Denison Duarte, em 30-01-2017 21:56 | Última modificação: 31-01-2017 15:05
Hospital de Olhos

Eleição dos agentes de Saúde – Na manhã desta segunda-feira (30), os agentes de saúde de Amarante elegeram a nova diretoria da associação, que vai conduzir a equipe pelos próximos anos.

O mandato tem duração de três anos, podendo ser a diretoria reeleita para nova administração por igual período. A diretoria ficou definida da seguinte forma:

Presidente: Raimundo José;
Vice-presidente: Anésio Monteiro;
Secretária: Silvana Barbosa;
Tesoureira: Jane Gomes; e
Suplente: Gilson Lopes.

A Associação dos Agentes Comunitários de Saúde existe há 10 anos, uma década marcada, segundo eles, “por muito trabalho e pouco reconhecimento”.

O vice-presidente eleito considera que esse foi um dos maiores problemas da categoria. Anésio Monteiro diz que na gestão passada os profissionais “foram discriminados o tempo todo e nunca receberam apoio”. Segundo ele, os gestores foram “chamados várias vezes para reuniões e nunca compareceram”.

O presidente eleito, Raimundo José, ratificou a fala do vice quando disse que “faltou valorização e houve brigas constantes na busca pelos direitos e vantagens que foram tirados indevidamente”. Ele afirmou ainda que “foram afastados de programas e que as condições de trabalho de campo continuam precárias”

“Achei que a associação não evoluiu. Eles (os gestores) tiraram nossos direitos. Eu entrei nesse desafio na esperança de dar uma nova visão de associação e fazer com que os agentes tenham uma representatividade que defenda os seus direitos e deveres, executando um trabalho de qualidade”, disse o presidente.

A eleição da nova diretoria aconteceu no Museu Odilon Nunes na manhã desta segunda-feira (30) na ocasião de um encontro entre profissionais de Saúde promovido pela Secretaria Municipal.

Ainda no encontro, o prefeito Diego Teixeira, em conversa com os profissionais, assegurou que durante a sua gestão não vai deixar de “prestar a assistência necessária aos agentes de Saúde, conforme as necessidades da categoria”.

Eleição dos agentes de saúde