12:19 pm - domingo novembro 19, 2017

Hospital de Olhos de Amarante poderá fazer cirurgias de Glaucoma a laser a partir de 2018

Edição e postagem: Denison Duarte, em 30-10-2017 21:14 | Última modificação: 01-11-2017 13:51
Hospital de Olhos de Amarante poderá fazer cirurgias de Glaucoma a laser a partir de 2018

Fotos: Denison Duarte

Hospital de Olhos

Sempre inovando para melhor atender aos clientes com amplas e confortáveis instalações, além de priorizar a qualidade na prestação de serviços, o Hospital de Olhos em Amarante poderá disponibilizar em 2018 um equipamento sofisticado para realização de cirurgias de Glaucoma, a laser.

A ideia da inovação surgiu depois que o oftalmologista e empreendedor, Dr. Israel Severo, participou do 61º Congresso Brasileiro de Oftalmologia, realizado em setembro, no maior centro de convenções da América Latina – o Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza.

“Estamos pensando em trazer para o hospital esse avanço tecnológico, mas vamos estudar como se dará o processo. O congresso serviu também para capacitar os participantes quanto ao uso desse equipamento que atualmente tem um alto custo”, afirmou Dr. Israel.

Segundo ele, a aquisição depende exclusivamente do sucesso do uso do equipamento no estado do Piauí, que está entre os primeiros no Brasil a adquirirem. “Em Teresina já existem três desse tipo. Fortaleza ainda não adquiriu nenhum. A aquisição para o Hospital de Olhos em Amarante está restrita ao sucesso dessa tecnologia em nosso estado. Estou estudando uma forma de aquisição com base nos resultados dos que já compraram”, completou.

O oftalmologista garante que a aquisição pode compensar, mas o receio dos pacientes ainda é grande quanto aos procedimentos cirúrgicos de glaucoma (segunda causa mais comum de cegueira no mundo) e quanto ao custo para o paciente. “Se os efeitos forem o que asseguram, eu vou adquirir. Eu vejo que é necessário também cautela para que o processo cirúrgico não se torne tão oneroso para o paciente. A dificuldade do Glaucoma é que não se consegue fazer com que o paciente queira a cirurgia por receio de cegueira”, encerra.

O Hospital de Olhos dispõe atualmente de um otorrino e especialistas na área de Oftalmologia como um retinólogo e um cirurgião de catarata. De acordo com Dr. Israel a pretensão é, futuramente, fazer ultrassonografias.

Outras novidades além de cirurgias de glaucoma podem ser implantadas em 2018