4:16 am - segunda-feira novembro 20, 2017

Finalizado em 3 a 2 o julgamento que cassou os mandatos do prefeito de Amarante e do vice

Edição e postagem: Denison Duarte, em 01-04-2014 13:21 | Última modificação: 01-04-2014 18:22
Finalizado em 3 a 2 o julgamento que cassou os mandatos do prefeito de Amarante e do vice

Hospital de Olhos

O julgamento de cassação de Luiz Neto e Clemilton Queiroz, prefeito de Amarante e vice, respectivamente, foi concluído nesta terça-feira em 3 votos a 2, resultado que confirma que ambos estão cassados pela Justiça Eleitoral.

O juiz José Wilson, que havia pedido vista do processo para então efetivar o seu voto, decidiu pela não cassação do prefeito. Outro voto em favor dos acusados foi o do juiz Dr. Deoclécio, voto modificado no segundo e último momento do julgamento.

Sobre os cassados, pesavam as acusações de abuso de poder político, autoridade, abuso de poder econômico, captação ilícita de sufrágio (compra de votos), conduta vedada a agente público e improcedência.

Os resultados do processo recaíram também sobre Reginado José Vilarinho, candidato a vereador no município de Amarante em 2012; Emília Ayres Ribeiro de Santana, da Secretaria Municipal de Assistência Social; Kelly Cristiane de Sousa Rodrigues, assistente social; e José Reinaldo de Sousa, da tesouraria do município. Todos os envolvidos foram apontados pelo TRE como integrantes do esquema de compra de votos entre outras irregularidades.