3:11 pm - quinta-feira novembro 22, 7404

Vereadores falam em mais ações e diminuição de diferenças partidárias na primeira sessão do ano

Edição e postagem: Denison Duarte, em 13-02-2016 13:28 | Última modificação: 13-02-2016 20:04
Hospital de Olhos

O Legislativo Municipal de Amarante retornou às atividades, e realizou neste sábado (13) a primeira sessão ordinária de 2016.

O encontro dos vereadores teve a presença do vice-prefeito de Amarante, Clemilton Queiroz (PT).

Ele falou de organização administrativa do município e do superávit primário alcançado pelo estado. “Conseguimos gastar menos do que arrecadamos, o que poucos estados conseguiram”

Clemilton falou do fechamento de um convênio da gestão municipal com o governador para o investimento de R$ 5 milhões em pavimentação asfáltica em Amarante, complementando a obra já iniciada no município.

“O que está em andamento são convênios federais com a Codevasf e o Ministério das Cidades, por meio de emendas de parlamentares”, completou.

O vereador Gonçalo Filho(PSD), que é pré-candidato a prefeito, considerou que, apesar dos apoios ofertados ao município, todos os deputados estão devendo a Amarante. “E não seria diferente com o governador Wellington Dias e a todos os políticos. Nisto, eu sou muito enfático nesta Casa.”

O legislador deu ênfase à necessidade do cumprimento das obrigações por parte de quem administra. “Se todos os votados cumprissem as suas obrigações, Amarante seria outra, Amarante teria progresso.”

José Pereira (PT) ratificou a fala de Gonçalo Filho, mas deu ênfase à pavimentação asfáltica do município. “Melhorou um pouco. Sair do centro até o Balão, na saída da cidade, era um transtorno”, disse ele.

Já o vereador José Ribeiro (PP) considera necessário esquecer as diferenças partidárias. “Alguns projetos meus, principalmente da área da Educação, alguns colegas votaram contra, talvez por se tratar de projeto deste vereador”, disse ele afirmando ser favorável ao debate.

Nessa primeira sessão, Diego Teixeira (DEM) focou a importância do Legislativo continuar defendendo as ações neste final de mandato. “Esta Casa é constituída de vereadores com autoridade, apesar das discussões. Isso é natural da política. É necessário executar os projetos que se tem em mente e aprovar o que for favorável ao nosso município”

O legislador do Democratas assegurou que há sérias e visíveis dificuldades no município. “Isso em todas as áreas. Eu não posso especificar porque é em todas as áreas.”

Reforçando a fala de Diego Teixeira, o vereador José Itamar, argumentou que Segurança é um dos instrumentos manobrados pelo gestor. “Antes do atual gestor, nós tínhamos Segurança. Hoje não existe mais. A nossa segurança acabou. Estamos perdidos.” Itamar afirmou não entender porque um policial ou um delegado é transferido conforme a vontade do gestor.

O vice-prefeito respondeu que Segurança é constitucionalmente um dever do Estado.

Milana Vilarinho (PT) cumprimentou o público presente e falou da importância do ano de 2016 por ser de eleições. “Alguns estão tentando o executivo e outros buscando a reeleição. Isso mostra que temos mais vontade e iniciativa de poder ajudar mais o nosso povo.”

Edição, fotos e postagem: Denison Duarte

Primeira sessão de 2016

sessão amarante 20160213_090236

sessão amarante 20160213_090246

sessão amarante 20160213_090840

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE