2:01 pm - sábado novembro 18, 2017

Assentados do Incra em Amarante decidem abdicar do Fomento para ter acesso ao Pronaf A

Edição e postagem: Denison Duarte, em 05-11-2016 15:20 | Última modificação: 05-11-2016 21:28
Hospital de Olhos

Assentados do Incra – Os moradores dos assentamentos Salobro e Nova Conceição estiveram na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), de Amarante, com o Incra na manhã desta sexta-feira (4).

A dificuldade dos assentados no primeiro acesso ao ‘Pronaf A’ foi a razão do evento, solicitado pelos diretores do STR.

A presidente do sindicato, Luíza Neta, reconheceu que o problema afeta a muitos em Amarante, mas deixou todos à vontade para procurarem a instituição em caso de necessidade.

“Essa luta não é só para os sócios, mas para toda a categoria rural. É bom ver todo esse público presente. Quero aproveitar e dizer que nós estamos prontos a atender a todos de forma igualitária”, disse ela.

Além do STR, participaram do encontro Emater, Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e Federação dos Trabalhadores em Agricultura (Fetag).

Segundo o representante do Incra, Francisco Evaldo Paraíba de Barros, o ‘Pronaf A‘ é a linha de crédito acessível depois de obtidas as demais linhas de crédito repassadas pelo Incra, dentre elas, o fomento e o Pronaf Mulher.

Segundo ele, a falta de assistência técnica dificulta o acesso ao fomento, o que poderia ser resolvido por meio de parcerias com as prefeituras.

Os municípios parceiros que atualmente incentivam a assistência técnica são Altos, José de Freitas e Miguel Alves. Segundo o representante, a Prefeitura de Amarante não definiu parceria da assistência técnica com o Emater, dificultando o acesso ao fomento.

A recomendação de Francisco Evaldo é que os interessados que quiserem aderir ao Pronaf A, que façam uma declaração abdicando do Fomento, que também é outra linha de crédito com as mesmas condições, diferenciando-se somente no prazo.

“O assentado, depois de acessar o Pronaf A, não pode voltar atrás caso queira acessar o Fomento. É bom que todos estejam cientes disso para que não haja desencontros, dizendo que não foi esclarecido sobre o assunto”, disse ele.

Ele apresentou ao público outras linhas de crédito. “Eu peço a vocês, bancos, que quando o assentado for tratar sobre o Pronaf A, que vocês falem também sobre as outras linhas de crédito”,

Francisco Evaldo completou reafirmando a importância de estarem juntos o banco, o Incra e os assentados para que não haja contraposição de informações.

O público presente aceitou a sugestão dada pelo Incra, devendo encaminhar documentação nos próximos dias ao Emater para elaboração das propostas.

Participaram do evento Sebastião Rodrigues (o Tião) – do Polo da Fetag no Médio Parnaíba, Devaldo Araújo – da Secretaria Agrária da Fetag e Antonio Alexandre – do Emater de Amarante, Chagas Nunes – do BNB de Água Branca.

 Assentados do Incra, em Amarantereuniao-str-dscf7181 reuniao-str-dscf7182 reuniao-str-dscf7183 reuniao-str-dscf7184 reuniao-str-dscf7185 reuniao-str-dscf7186 reuniao-str-dscf7187 reuniao-str-dscf7188 reuniao-str-dscf7189 reuniao-str-dscf7190 reuniao-str-dscf7191 reuniao-str-dscf7192 reuniao-str-dscf7193 reuniao-str-dscf7195 reuniao-str-dscf7194 reuniao-str-dscf7196 reuniao-str-dscf7197 reuniao-str-dscf7198 reuniao-str-dscf7199 reuniao-str-dscf7200 reuniao-str-dscf7201 reuniao-str-dscf7202 reuniao-str-dscf7203 reuniao-str-dscf7204 reuniao-str-dscf7205 reuniao-str-dscf7206 reuniao-str-dscf7207 reuniao-str-dscf7208 reuniao-str-dscf7209 reuniao-str-dscf7210 reuniao-str-dscf7211 reuniao-str-dscf7212