Em reunião no STR, Crédito Fundiário fala com assentados de Amarante sobre aumento produtivo

Edição e postagem: Denison Duarte, em 02-12-2016 13:30 | Última modificação: 04-12-2016 12:27
Hospital de Olhos

Assentados de Amarante – O diretor do Crédito Fundiário – da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR), Adalberto Pereira, participou de uma conversa com representantes de assentamentos de Amarante na manhã desta sexta-feira (2).

A conversa, que aconteceu na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), teve como foco o aumento da produtividade agrícola e o escoamento do que é produzido nos assentamentos.

“É necessário que eles (os assentados de Amarante) possam produzir para a sua subsistência e para o seu consumo, mas que possam também produzir para o mercado”, disse o diretor ao Somos Notícia.

Dados do Crédito Fundiário apontam que atualmente 18 mil famílias em todo o estado foram beneficiadas com financiamento de terras para agricutores que não têm onde trabalhar.

“Em Amarante, nós já temos mais de 80 famílias beneficiadas com esse programa. Elas acessaram a terra através do Crédito Fundiário, mas hoje têm como maior desafio tornar mais produtivas essas propriedades”, disse.

A reunião visou também o fomento de políticas públicas, o que, segundo Adalberto, ajudam as famílias nessa produção agrícola para o mercado. Ele considera ainda que o suporte para o alcance desse objetivo está nas linhas de crédito do Pronaf A.

A regularização do quadro social dos assentamentos do município foi também discutida, assim como os problemas internos à entidade como abandono e venda de imóveis.

“Nós precisamos fazer esse diagnóstico para saber quais são os assentamentos em situação irregular e orientá-los quanto a possíveis substituições de sócios”, completa.

O diretor citou ainda a distribuição de sementes e de mudas de árvores como parte das políticas públicas da SDR destinadas aos assentamentos. “Os assentados devem acessar essas políticas públicas. Vemos que o problema que impede o acesso a elas é a falta de informação ou de um apoio técnico”, completa.

A reunião foi aberta pelo secretário geral do STR, Leomar Duarte. Participaram do encontro o agente de desenvolvimento do Banco do Nordeste – Francisco das Chagas, o técnico do Emater – Antonio Alexandre, a coordenadora do subprojeto de aquisição de terras – Carmélia, e a assessora técnica do Crédito Fundiário – Aline.

Crédito Fundiário, BNB, Emater, Crédito Fundiário e assentados de Amarante
credito-fundiario-2ab29489-9be0-4066-b870-868b633220a8

credito-fundiario-3ec5c330-e44d-4c1d-81ae-cc6f16331e57

credito-fundiario-5ed53395-c828-424f-afcb-ae4ecff20a8f

credito-fundiario-9f795cc0-25b9-4c7f-b8f4-8f0ced5edba3

credito-fundiario-80a63164-3371-43af-aa8f-eaca72bf4a5e

credito-fundiario-3968c664-7863-4412-bc96-5a1b1a2d6df8

credito-fundiario-a5467063-260e-4c80-9337-a391333ac29e

credito-fundiario-caab8cbc-5a11-409a-8668-2e54ad4928a4

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE