6:39 am - domingo novembro 19, 2017

Diretor geral do Emater anuncia conclusão de reforma do escritório de Amarante em 90 dias

Edição e postagem: Denison Duarte, em 02-07-2015 16:18 | Última modificação: 02-07-2015 16:28
Hospital de Olhos

O técnico do Emater, Antonio Alexandre, assumiu no início do mês de junho o cargo de supervisor territorial do Médio Parnaíba, em Amarante. A nomeação foi feita pelo diretor geral da instituição no Piauí, Dr. Marcos Vinícius.

Segundo Antonio Alexandre, o momento é de dar as mãos para oferecer melhores condições de trabalho em toda a área de atuação que, além de Amarante, inclui Francisco Ayres e Arraial. “O desafio é grande, pois só em Amarante são 380 famílias distribuídas em 11 assentamentos”, disse ele.

O diretor geral, Dr. Marcos Vinícius, reconhece as dificuldades e assegura que brevemente a sede da instituição no município estará reformada. “O prazo é de 90 dias para termos um escritório novo. Percebi que a estrutura não está boa, mas o governador já nos garantiu o cumprimento desta meta.”

A primeira reforma que o prédio recebeu em 60 anos e que daria melhores condições de trabalho foi iniciada em junho de 2013 e logo foi interrompida, tendo os funcionários que se arranjar em um local cedido pela Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi), no município. A sede improvisada fica na rua 2 de novembro, próximo ao Hospital Dr. Francisco Ayres Cavalcante.

A instituição possui seis profissionais em Amarante atuando no mesmo espaço com funcionários da Adapi. Apesar das dificuldades, as expectativas são as melhores, segundo o supervisor. “Nunca paramos e vamos continuar atuando. Executada a nova licitação, aí sim, vamos ter condições de fazer um novo planejamento de cobertura técnica aos nossos assentados nesses municípios.”

unnamed

Em todo o Piauí, o projeto visa melhorar as sedes de 20 a 30 municípios. Além da reforma e outras ações, Dr. Marcos Vinícius assegura que os serviços de transporte e segurança são prioridades. “A nossa ideia é fazermos também a segurança das sedes com remanejo de profissionais para a vigilância do prédio. Amarante necessita de melhoramento em transporte e, por outro lado, da elaboração do plano de cargos e salários dos servidores. Temos que fazer o nosso papel, que é valorizar os servidores do Emater e os que precisam da instituição”, encerra.

Reforma em junho de 2013

Sede do Emater, em Amarante, está com reforma parada pela segunda vez sem previsão de reinício

10325237_693190564078598_1767130450193533647_n

Edição, postagem e foto: Denison Duarte