1:39 am - quarta-feira novembro 22, 2017

Amarantina desaparecida há quatro dias é achada morta em Teresina com sinais de estupro

Edição e postagem: Denison Duarte, em 15-04-2016 23:39 | Última modificação: 16-04-2016 14:14
Hospital de Olhos

Amarantina desaparecida – Uma jovem de Amarante, conhecida como Magna Ferreira da Silva Sousa, 26, foi achada morta em Teresina depois de quatro dias desaparecida.

O corpo foi achado na noite desta sexta-feira (15) em estado avançado de decomposição no bairro Mocambinho, zona Norte de Teresina, onde morava a vítima.

De acordo com informações de familiares, a jovem apresentava sinais de facadas pelo corpo.

Magna Ferreira estava sendo procurada desde a última segunda-feira (11). A informação do sumiço da jovem se espalhou em grupos no WhatsApp nesta sexta-feira.

Falsos rumores nesses grupos apontavam para morte por enforcamento, mas a versão do ocorrido foi retificada por membros da família, que apontaram para estupro seguido de morte a golpes de faca.

De acordo com a Polícia, o mau cheiro deu sinais de que o corpo estava no local onde morava a vítima. Vizinhos não quiseram falar sobre o assunto.

O cabo Francisco da Costa, do 9º Batalhão da Polícia Militar afirmou que o corpo da amarantina estava com uma faca cravada nas costas.

“Os moradores sentiram o mau cheiro saindo de dentro da casa e acionaram a polícia. O corpo da jovem estava no quarto da casa e enrolado em lençóis, com uma faca cravada nas costas, possivelmente ela sangrou até a morte. No local foram encontrados garrafas de cerveja e o cenário era de briga”, contou o cabo.

O namorado de Magna Ferreira, que não teve sua identidade revelada, entrou em contato com a família da jovem em Amarante afirmando que o último contato entre os dois aconteceu no dia 11 de abril, segunda-feira.

O Somos Notícia constatou que a data do desaparecimento de Magna Ferreira coincide com a data da sua última postagem no Facebook, feita às 21h04.
postagem

A polícia está na investigação do caso para apurar as causas da morte de Magna Ferreira. De acordo com a PM os sinais no corpo apontam que a vítima teve relações sexuais com o seu assassino, que a matou logo após o ato.

Magna Ferreira, que completou 26 anos em fevereiro, era natural da comunidade Piquizeiro, zona rural de São Francisco do Maranhão, mas estabeleceu residência em Amarante. Ultimamente ela estava morando em Teresina.

O corpo será velado em Amarante, onde, segundo familiares, será sepultado neste sábado (16).

Amarantina desaparecida

12919909_1020640924682409_473294893432581011_n12524142_1016730081740160_8592111825900979148_n12524245_1016533471759821_966578033916968241_n

Edição e postagem: Denison Duarte
Fotos: perfil de Magna Ferreira no Facebook

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE