7:26 pm - domingo novembro 19, 2017

IRRIGAP elabora projeto-piloto de fortalecimento da Agricultura Familiar no cerrado maranhense

Edição e postagem: José Augusto Oliveira, em 12-04-2016 12:00 | Última modificação: 10-09-2017 18:59
Hospital de Olhos

Nossa missão (Irrigap)

Tem como objetivo de reunir os principais mentores da região, do Estado, e da Federação em torno de um importante tema a ser conscientizado por todos, para que a partir da produção de alimentos nos cerrados maranhenses, novas estratégias sejam direcionadas para a industrialização dos produtos, gerando negócios rendas e empregos, atraindo novos investidores, buscando dessa forma o desenvolvimento sustentável com responsabilidade ambiental e social para a região dos Cerrados Nordestinos, como um todo.

Justificativas

As atividades desenvolvidas, serão desde transações comerciais, transferência de tecnologias para o desenvolvimento, articulações aos diversos instrumentos das políticas públicas de modo a potencializar ações voltadas ao incremento da agricultura familiar e dos empresários rurais a industrialização de seus produtos.

A base estrutural para o bom desempenho dessas atividades é o associativismo que fortalece aos agricultores familiares maiores informações que visam o desenvolvimento das suas habilidades básicas, tais como, a formação e gestão de entidades associativas e programas de Governo que busquem a eficiência da Transferência da Tecnologia.

Os benefícios das ações coletivas são conhecidos desde os primórdios da humanidade. Os homens sempre tomaram em diversas fases de seus processos civilizatórios e em diversas culturas, com o maior ou menor ênfase, somar esforços para enfrentar as dificuldades comuns.

Pelo próprio crescimento em níveis incalculáveis de competição, em era de escassez, seja de capital, de talentos especializados, de matéria-prima e de alimentos, fazendo com que cada vez mais os agricultores e as empresas procurassem cooperar umas com as outras, passando a ser muitas vezes uma questão de sobrevivência no mercado globalizado.

Por fim, as organizações associativas contribuem para o desenvolvimento das atividades agropecuárias e extrativistas, quando viabilizam o acesso do agricultor familiar aos meios de produção como: terra, máquinas e implementos agrícolas, animais reprodutores, assistência técnica, armazenamento, transportes, crédito rural, profissionalização através de capacitação. Contribuem, também, para gerar empregos, aumentar a renda dos “homens do campo”, e viabilizar o seu acesso e o de sua família à saúde, à educação, ao lazer, enfim a organização associativa pode contribuir para a melhoria das condições de vida de uma comunidade, a partir do princípio maior que é a solidariedade entre as pessoas.

Objetivos específicos (Irrigap)

1 – Capacitar os agricultores familiares, criadores, educadores e estudantes para que possam gerir novos negócios com eficiência e eficácia, dentro de uma maior conscientização ambiental.

2 – Através do associativismo abrir alternativas concretas para produção de gêneros alimentícios e sua inserção junto ao mercado.

3 – Estimular a formação de alianças e parcerias nos mais diversos níveis e âmbitos de ações institucionais, políticas, empresariais e estudantis.

4 – Qualificar os agricultores familiares para formalização de entidades associativas, visando o aumento da produtividade agropecuária.

5 – Fundamentar a inter-relação do processo administrativo, agropecuário com o ambiente em que esta inserida a entidade.

6 – Parcerias Público-Privadas e Cooperativismo.

 

008 001 002________________________________

IRRIGAP – Irrigação Piauí

José Augusto S. de Oliveira

Diretor Técnico